Mastologia

mastologia-eptfisio

A fisioterapia tem um importante papel nos pacientes com câncer de mama tendo como objetivo prevenir e reabilitar as possíveis complicações do tratamento cirúrgico, radioterápico ou quimioterápico, buscando o bem-estar e a qualidade de vida dessas pacientes.

O programa de fisioterapia deve ser realizado em todas as fases do câncer de mama:

1 – pré tratamento (diagnóstico e avaliação);

2 – durante o tratamento (pós-operatório imediato e tardio);

3 – após o tratamento.

Pré tratamento

O ideal é que o paciente procure um fisioterapeuta logo que se têm o diagnóstico do câncer de mama com o objetivo de fazer uma avaliação físico funcional, identificando alterações preexistentes e os possíveis fatores de risco para as complicações pós-operatórias.

Nesse período é comum que as pacientes se sintam ansiosas, com medo e cheias de dúvidas. Inconscientemente passam a tensionar a região de pescoço e ombros. Por isso o fisioterapeuta é importante, para avaliar, tratar e orientar como será o acompanhamento no pós- operatório.

Durante o tratamento (pós-operatório imediato e tardio)

A fisioterapia desempenha um papel extremamente importante após a cirurgia do câncer de mama, independente do tipo de cirurgia.

As complicações podem ocorrer no pós-operatório imediato, como: dor, seroma, paresia, parestesias, complicações respiratórias e circulatórias; e outras no pós-operatório tardio, como: disfunção do ombro e da cintura escapular, dor, síndromes nervosas, aderências, fibroses, alterações posturais e linfedema.

A paciente deve ser orientada quanto ao posicionamento do braço na cama, e estimulada para que tenha máxima independência para retomar suas atividades de vida diária, trabalho e lazer.

Nesse período, a fisioterapia é baseada em exercícios de movimento livre, alongamento e fortalecimento, exercícios pendulares, terapia manual, técnicas de mobilização articular, técnicas de liberação tecidual, drenagem linfática manual entre outros.

Após o tratamento

A fisioterapia dá seguimento no atendimento ao paciente quando necessário.

Cada atendimento é individualizado e requer uma avaliação inicial para uma adequação do tratamento.

© 2019 Todos os direitos reservados EPTFISIO

× Como podemos te ajudar?